Logo Maria Magdala

Evangelho no Lar

“Onde estiverem duas ou mais criaturas reunidas em meu nome, eu entre elas estarei”. Jesus (Mateus 18:20)

O que é o Evangelho no Lar?
É uma reunião em família, num determinado dia e hora da semana, para uma reflexão sobre os ensinamentos cristãos, em proveito do nosso próprio esclarecimento e do equilíbrio no lar. É um canal de comunicação com Jesus e sintonia com os bons espíritos.Por que fazer o evangelho no Lar?
Jesus disse “… O berço doméstico é a primeira escola e o primeiro templo da alma. A paz no mundo começa sob as telhas a que nos acolhemos. Se não aprendemos a viver em paz, entre quatro paredes, como aguardar a harmonia das nações?” – Cap. 1, livro Jesus no lar, pelo Espírito Néio Lucio, psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. Feb.
O Evangelho no lar é uma campanha permanente, para incentivar sempre as famílias a convidarem Jesus a suas casas.Sua prática constante visa:

  • Estudar e praticar o Evangelho de Jesus, tornando-o melhor compreendido, sentido e exemplificado no lar e em toda a sociedade, auxiliando o plano Espiritual Superior na obtenção de um mundo melhor.
  • Higienizar o lar pelos nossos pensamentos e sentimentos elevados, permitindo facilmente a influência dos Mensageiros do Bem, protegendo-o contra influências espirituais negativas.
  • Facilitar no lar e fora dele o amparo necessário para enfrentar as dificuldades materiais e espirituais, mantendo operantes os princípios da oração e da vigilância.
  • Beneficiar pessoas necessitadas por meio de preces e vibrações espirituais.

 ROTEIRO PARA O EVANGELHO NO LAR – Duração 20 a 30 minutos

 

Se prefirir Assista o Video

 

  • Escolher dia e hora da semana, observando rigorosamente a assiduidade e a pontualidade para assegurar a assistência dos benfeitores espirituais.
    OBS.: Não suspender a prática do Evangelho em virtude de visitas, passeios adiáveis ou acontecimentos fúteis. Se você estiver só, ainda assim faça seu Evangelho no Lar, porquanto existe a presença dos bons Espíritos. Caso toda a família esteja ausente, porém reunida em lugar possível, o Evangelho deverá ser realizado no mesmo dia e horário de costume. Se isto não for possível, emita um pensamento de amor e gratidão a Deus pedindo a proteção para o seu lar.
  • Depois de providenciar a jarra ou copos com água para fluidificar e tendo o local preparado (lembrando-nos do silêncio ou de uma música suave), iniciamos, na hora marcada, com uma prece simples e espontânea dirigida a Deus, em que, mais que as palavras, tenham valor os sentimentos, não devendo, portanto, ser decorada.
  • A reunião poderá ser dirigida pelo chefe da casa ou por pessoa que tiver maiores conhecimentos doutrinários, a qual deverá incentivar a participação de todos os presentes, colocando as lições ao alcance de todos.
  • Servir a água acrescida de fluídos curadores, trazidos pelos Espíritos benfeitores ao final da reunião. Deve-se beber dessa água um cálice por dia. Ao bebê-la, eleve seu pensamento a Jesus com muita fé.
  • Fazer a prece, a leitura do Evangelho e livros de mensagens (Fonte Viva, Palavras de Vida Eterna, etc.) em voz alta (isto é importantíssimo) e bem devagar. Sua voz, lendo textos elevados, afastará de você e do seu lar as energias negativas e, ao mesmo tempo, auxiliará espíritos menos evoluídos a sentirem amor. Você estará colaborando para que eles se afastem já bem melhores.
  • Fazer comentários breves sobre o que foi lido, buscando sempre a essência dos ensinamentos de Jesus, para a sua apli­cação na vida diária, evitando comentários em desdouro às religiões ou pessoas e, também, não manter conversação menos edificante.
  • Em seguida, convida-se os participantes a fazerem recolhimento interior, afastando da mente todas as preocupações, fechando os olhos, relaxando e confiando em Jesus.
  • Com a voz tranquila e pausadamente, leve a todos a se ligarem amorosamente com:
    • O Mentor individual (anjo da guarda, guia espiritual, a denominação não importa). Agradeça-lhe a proteção que esse amigo espiritual nos oferece em todos os momentos de nossas vidas.
    • Com o Mentor Espiritual do Evangelho no Lar e com toda a sua equipe, agradecendo a esses abnegados Trabalhadores;
    • Buscamos os planos suaves e harmonioso de Maria de Nazareth, Mãe Santíssima, pedindo-lhe que dulcifique os nossos corações, aumentando a nossa capacidade de amar e perdoar.
    • Vamos até Jesus, Nosso Mestre Amado – convidando-o a adentrar o nosso lar, mentalizando portas e janelas espirituais se abrindo e todo o nosso lar se iluminando com a Luz de Jesus; protegendo nossa casa, nossos familiares e a nós mesmos.
    • Entregue todos os seus problemas a Jesus, pedindo-LHE forças e coragem para superá-los; para afastar o egoísmo, o orgulho, a inveja, o ciúme e inspirar o perdão e a bondade para com todos. Jesus nunca deixa de nos ouvir. Só que às vezes, pedimos algo que não é o melhor para nós no momento, mas Jesus na SUA SABEDORIA INFINITA nos dará o que mais nos convier.
    • Com muita fé, pedimos a Jesus que abençoe a nossa garrafa ou jarra de água, descendo sobre ela fluídos retificadores e salutares que nos socorrerá espiritualmente e materialmente. (Nota: deve-se beber dessa água um cálice por dia. Ao bebê-la, eleve seu pensamento a Jesus com muita fé).
  • Finalmente, vamos até o Pai Criador (Deus) louvando-o através da prece “PAI NOSSO”.
  • Em seguida, realizar as vibrações de fraternidade e de amor, para os necessitados na seguinte ordem:
    • Muito amor, paz e equilíbrio para toda a humanidade .
    • Pelo bem de todos os países e da Suíça, para que o Evangelho de Jesus seja norma de conduta entre todos.
    • Pedimos, também, por todos os lares da Terra para que o amor, o perdão reine em cada família.
    • Que entre amigos, familiares e supostos inimigos, haja perdão e bondade entre todos.
    • Desejamos aos sofredores encarnados e desencarnados que encontrem paz de espírito e ajuda.
  • Agradecemos e finalizamos o Evangelho no Lar, pedindo proteção para todos e para estarem juntos na próxima semana.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

  • Por sua importância realizadora, esse trabalho é especialmente visado pelos espíritos inferiores, que sempre interferem para impedir sua expansão, sendo necessária perseverança e fé para sua continuidade e preservação.
  • O Evangelho no Lar não deve ser transformado em uma sessão mediúnica, e sob insistente recomendação do Plano Espiritual Maior, não se deve realizar sessões de desenvolvimento mediúnico ou de desobsessão no ambiente familiar, pois os lares não estão preparados para esses tipos de trabalho, que requerem condições vibratórias especiais, só encontráveis nos Centros Espíritas.
  • As crianças só devem participar quando tiverem idade ou mentalidade suficientes para acompanhar os trabalhos, sem fadiga ou inquietação. Elas podem colaborar ativamente, segundo sua capacidade, quer nas preces, quer nos comentários ou na leitura.

EVANGELHO NO LAR INFANTIL

  • Os pais precisam instruir e edificar virtudes morais em seus filhos. Desde muito pequenos, eles também necessitam da prece diária e do conhecimento dos ensinamentos de Jesus que vão ajudá-los na formação de seu caráter.
  • Enriqueça sua prece diária e o seu Evangelho no Lar com a participação das crianças, incluindo livros didáticos infantis – por exemplo: “Cartilha do Bem”, ” Pai Nosso”, de Meimei; “A Vida Fala”, “Alvorada Cristã”, “Jesus no Lar”, de Néio Lúcio e outros).
  • Determine um dia e um horário da semana para realizar o Evangelho no Lar Infantil, dando-lhes maior liberdade para a conversação e perguntas, facilitando-lhes a compreensão dos ensinamentos do Mestre Jesus.

Em nossa livraria você encontra o livro “Evangelho Segundo o Espiritismo”, CD referente ao Evangelho no Lar e  livros de mensagens dos Espíritos Emmanuel, André Luiz etc. e todas as obras básicas referentes à Doutrina Espírita.